Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Keep It Simple Stupid

Keep It Simple Stupid

A minha roupa não me define

A mais recente campanha da Terre des Femmes (organização suíça que luta pelos direitos humanos, contra a violência doméstica) visa combater o preconceito que ainda existe na nossa sociedade acerca do modo como cada mulher se veste.

 

Lembro-me de ser mais nova (10/12 anos) e ser bombardeada com este tipo de preconceitos - diziam-me que a roupa que vestimos define o carácter e blá blá blá.

 

“Não meça o valor de uma mulher pelas suas roupas”

A minha roupa não me define.png

A "fita" que aparece nas imagens tem as seguintes medidas (de baixo para cima): Prostituta, Cadela, "Está mesmo a pedi-las", atrevida, provocadora, aborrecida, antiquada e puritana.

 

Estas oito categorias foram definidas com base na percepção das roupas (decotes e comprimento da saia) e sapatos (tamanho do salto) que a mulher utiliza. O objectivo desta campanha é simples: alertar para o preconceito e para a forma como as mulheres são diariamente julgadas conforme aquilo que estão a vestir.

 

Adorei esta campanha e acho que a nossa sociedade precisa de mais iniciativas como esta. Na minha opinião, esta é uma campanha muito bem concebida e faço uma vénia ao génio que a idealizou e lançou. Espero que abra muitas mentes e  ajude a limpar a sociedade deste preconceito.

 

 

Exercício lúdico

Vou-me definir pelo preconceito: eu era uma maria rapaz, andava quase sempre de ténis e fato de treino. Segundo as pessoas eu iria tornar-me lésbica e ingressar numa carreira militar. 

A previsão delas está ERRADA... Sou mesmo Licenciada em Marketing e gosto de homens!

 

- Sofia