Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Keep It Simple Stupid

Keep It Simple Stupid

Rir é mesmo o melhor remédio

2909306367_d907d03127.jpg

 

As investigações mostram que quando as pessoas sorriem ou riem, a " zona feliz" do hemisfério cerebral esquerdo fica animada com a atividade elétrica. 

Richard Davidson mostrou que quando se produzem risos e sorrisos intencionalmente, se faz deslocar a atividade cerebral no sentido da felicidade espontânea. Arnie Cann descobriu que o humor exerce um efeito positivo na neutralização do stress.

O riso estimula os "analgésicos naturais" do corpo e os produtores de bem-estar, também conhecidos por endorfinas. As endorfinas são substâncias químicas que são libertadas para o cérebro quando rimos. Têm uma composição química semelhante à morfina e à heroína e exercem um efeito tranquilizador sobre o corpo enquanto reforçam o sistema imunitário. 

O riso e o sorriso defendem o corpo contra indisposições e doenças, servem de medicamentos para alívio da dor, vendem ideias, neutralizam o stress, trazem felicidade, atraem mais amigos e prologam a vida. O humor cura!

 

Fonte: Pease, A. & Pease, B. (2009). Linguagem Corporal - Porque é que os homens coçam a orelha... e as mulheres mexem na aliança. Lisboa: Editorial Bizâncio.

- Rita

Os mentirosos sorriem quando metem?

lies.jpg

 

A maioria das pessoas pensa que o mentiroso não sorri enquanto mente. Será?

A investigação realizada por Paul Ekman mostrou que quando as pessoas mentem deliberadamente, especialmente no casos dos homens, sorriem menos do que habitualmente. Segundo o investigador, a maioria das pessoas associa o sorriso à mentira, o que leva os mentirosos a diminuir intencionalmente o número de sorrisos.

Um sorriso de um mentiroso surge mais rapidamente do que um sorriso genuíno e é mantido durante mais tempo, quase como se o mentiroso usasse uma máscara. Além disso, quando alguém nos mente, o lado esquerdo do sorriso encontra-se habitualmente mais pronunciado do que o direito.

 

Fonte: Pease, A. & Pease, B. (2009). Linguagem Corporal - Porque é que os homens coçam a orelha... e as mulheres mexem na aliança. Lisboa: Editorial Bizâncio.

 

- Rita

O sorriso falso

sorrisofalso.jpg

 

O sorriso é controlado por dois conjuntos de músculos: zygomatic major e orbicularis oculi.

Os zygomatic major descem ao longo da parte lateral do rosto e ligam-se aos cantos da boca de forma. São eles que nos permitem expor os dentes. Os orbicularis oculi puxam os olhos para trás, fazem-nos ficar mais estreitos e provocam os "pés de galinhas".

Enquanto os zygomatic major podem ser controlados de forma consciente, os orbiculari oculi atuam de forma independente. Desta forma, é possivel utilizar os zygomatic major para produzir sorrisos falsos. Por outro lado, os orbicularis oculis revelam os verdadeiros sentimentos de um sorriso genuíno.

 

Como posso saber se um sorriso é falso ou verdadeiro?

Para avaliar a sinceridade de um sorriso, o primeiro sítio para onde devemos olhar são para as rugas ao lado dos olhos ("pés de galinha"). No sorriso de satisfação os cantos dos lábios são puxados para cima e existe uma contração dos músculos em redor dos olhos. Os sorrisos falsos envolvem unicamente os lábios sorridentes.

 

 Fonte: Pease, A. & Pease, B. (2009). Linguagem Corporal - Porque é que os homens coçam a orelha... e as mulheres mexem na aliança. Lisboa: Editorial Bizâncio.

 

- Rita